Moki Checklist

Imagem de uma loja de roupas com o título Visual Merchandising.

Visual Merchandising: o que é, importância e como fazer

Sabe aquela sensação boa que você tem ao entrar em determinadas lojas? Ela não acontece por acaso!

Em muitas lojas, a disposição dos produtos, a iluminação, a decoração e até o cheiro do ambiente foram cuidadosamente pensados para trazer essa sensação de bem-estar e fazer com que, mesmo de olhos fechados, você saiba exatamente em que marca está.

A proposta do Visual Merchandising é transformar o que poderia ser uma venda simples, em uma experiência sensorial, que faz você querer voltar àquela loja muitas e muitas vezes.

Mesmo que o sucesso de uma marca dependa de uma série de fatores, com o crescimento do comércio online, o Visual Merchandising tem ganhado cada vez mais força, atraindo os clientes para a loja física e proporcionando uma experiência de compra e com a marca, que ainda não pode ser alcançada no e-commerce.

Neste artigo você vai descobrir a importância do VM (Visual Merchandising) para o ponto de venda e também vai saber como você pode colocar essa estratégia em prática rápido, usando a tecnologia.

Gestão da operação em tempo real!

Ilustração de um computador com uma tela cheia de gráficos e uma lupa em sua frente.

O que é Visual Merchandising?

Visual Merchandising (VM) é uma estratégia de Marketing para atrair a atenção dos clientes para a loja física, proporcionando uma experiência que fortalece a identidade da marca. Além do apelo visual, o VM tem a proposta de despertar todos os sentidos do cliente, construindo uma expressão real de como a marca quer ser reconhecida por seus consumidores.

Da organização dos produtos no salão a arquitetura do ambiente, o VM busca tornar única e incomparável, a experiência do cliente naquela loja.

Um bom Visual Merchandising alcança seu objetivo de maneira subliminar, conduzindo o cliente, sem que ele perceba, a uma série de sensações positivas que culminam com a compra, ou ainda melhor, com a fidelização – um desejo de voltar sempre para aquele lugar.

O mercado brasileiro tem alguns exemplos bem sucedidos de Visual Merchandising, entre eles o Boticário, o Clube Melissa e a ChilliBeans.

Visual Merchandising: porque é importante?

Além de ser uma expressão da marca, o Visual Merchandising é importante porque impacta diretamente a decisão de compra e a fidelização do cliente. Dessa forma, tem conexão direta com o faturamento, não apenas nas lojas físicas como também no e-commerce.

Algumas marcas chegam, até mesmo, a criar grandes lojas conceito, que têm como principal objetivo estabelecer a identidade da marca. As vendas até podem ser feitas na própria loja ou através da internet, mas o principal foco da loja conceito é ser a manifestação física da identidade da marca.

Independentemente do canal que ele escolha para finalizar a compra, o cliente da loja conceito vivencia a experiência, participa do espírito, se mistura com o propósito e se torna embaixador da marca, fazendo então o melhor tipo de propaganda que existe.

Vantagens do Visual Merchandising

Vantagens de um bom Visual Merchandising como experiência do cliente, satisfação e aumento de vendas.

Aumento nas Vendas

A experiência sensorial proporcionada pelo Visual Merchandising é capaz de trazer um aumento direto e indireto das vendas.

Isso acontece porque, quando uma marca investe em VM, ela ataca várias frentes ao mesmo tempo.

A primeira é a organização da loja, que possibilita o display estratégico dos produtos. Além de favorecer as vendas, isso permite considerar aspectos estratégicos como margem e estoque dos produtos, por exemplo.

Outro aspecto importante é a ambientação. Através da iluminação, da escolha de músicas e do perfume para o ambiente, o VM favorece o impulso de compra, deixando o cliente confortável para permanecer mais tempo em loja e consumir mais.

E o principal: toda a experiência do VM desperta no consumidor o desejo de voltar! A fidelização dos clientes à marca e a sua identificação com os valores é um dos benefícios mais valiosos de um VM bem sucedido.

Criação de uma experiência única

A experiência gerada pelo VM geralmente torna a marca única e a diferencia da concorrência. Em algumas marcas essa construção é tão bem feita que, de olhos fechados, o cliente é capaz de identificar em qual loja está.

Em outras, a visita à loja se transforma em um hábito, uma forma de entretenimento e lazer para os seus clientes. A experiência em loja deixa de ser um evento para gastar e passa a ser um momento prazeroso, que traz relaxamento e satisfação.

Satisfação do cliente

Para o varejista, não tem nada melhor do que acompanhar o CRM  (ferramenta de gestão de relacionamento com o cliente) da marca e ver os índices de itens por compra aumentando e o intervalo entre compras dos clientes diminuindo, não é? Com o VM isso acontece!

A experiência em loja trazida pelas iniciativas de Visual Merchandising fazem com que os clientes comprem mais e frequentem mais a loja, impactando diretamente a fidelização dos clientes à marca.

O investimento em VM favorece a criação de um relacionamento com a marca, de identificação com o propósito e traz um prazer em consumir que afasta a decisão de compra do processo racional.

Identidade bem definida

Com o VM, a personalidade da sua empresa ganha contornos de realidade. Essa identidade é construída em detalhes e faz com que os valores da marca sejam concretizados e melhor comunicados para os clientes.

Como o Visual Merchandising funciona na tomada de decisão de compra: entenda

A principal intenção do VM é captar a atenção do consumidor e envolvê-lo em uma experiência com a marca de forma tão agradável e única, que a atmosfera de compra seja facilitada e, principalmente, que o prazer de comprar estimule no cliente o desejo de consumir mais e voltar muitas vezes.

Assim, todos os aspectos da experiência em loja são pensados para simplificar a decisão de compra. Do layout da loja à iluminação das cabines, tudo é pensado para estimular o desejo e simplificar a decisão de escolher e levar produtos.

Visual Merchandising: saiba como aplicar

Como fazer Visual Merchandising: decoração, acessibilidade e layout de ponto de venda.

Gostou da ideia mas está em dúvida sobre como você pode aplicá-la em seu negócio?

Mesmo que você não tenha capital para investir em uma equipe de VM especializada, algumas boas práticas podem ser adotadas por quase todo varejista.

Decoração

Pense na proposta de valor do seu negócio: o que o cliente busca ao escolher a sua marca? Como ela se diferencia da concorrência? A decoração e a arquitetura da sua loja devem refletir esse valor.

O espaço, as cores, o ambiente, tudo deve convergir para o conceito da sua marca, entrando em contato com o consumidor e fortalecendo a sua experiência.

Acessibilidade

Acesso fácil, entrada e circulação livres, sem barreiras para a compra.

A acessibilidade à loja também é um aspecto do VM que deve ser observado: é possível oferecer estacionamento? É importante ter alguém dedicado a levar as compras para o carro? Como posso fazer para simplificar a chegada do cliente e fazer com que ele não precise refletir sobre se deve ou não comprar?

Outros aspectos importantes da acessibilidade são a reserva de espaços vazios, a escolha do tipo de porta, o posicionamento dos caixas, tudo deve ser pensado de maneira a simplificar a experiência e guiar o cliente para a compra.

Layout do ponto de venda

A organização dos produtos no espaço também pode ajudar a aumentar as vendas.

Destaque os produtos âncora ou em promoção, posicione os móveis, assentos e prateleiras de maneira a construir um circuito de circulação que favoreça às vendas, tirando todo e qualquer obstáculo do caminho do consumidor.

Os 3 layouts de ponto de venda mais utilizados são:

  • De grade – organizado de forma retângular, permite que o cliente encontre e compre rápido o que precisa. É muito usado em mercados.
  • De pista – garante que o consumidor siga um caminho pré-determinado ao percorrer a loja. Muito usado em lojas de departamento.
  • De forma livre – uma estrutura mais descontraída, livre de rigidez, focada em proporcionar ao cliente uma experiência agradável, para que ele permaneça por mais tempo dentro da loja, navegando e experimentando diversos produtos.

Realmente, a organização do espaço é importante, porque orienta a experiência que você deseja que o seu cliente tenha dentro da loja. Mas é interessante também despertar outros sentidos, além do visual.

Cheiro de pão saindo do forno, música relaxante no ambiente, sons da natureza, uma leve brisa, o sabor de um doce especial, todas essas experiências podem fidelizar o cliente e fazer com que ele sinta prazer de voltar. Sempre.

Afinal, vale a pena investir em Visual Merchandising?

Não resta dúvidas de que essa estratégia de marketing pode ser um diferencial com potencial para maximizar os resultados do seu negócio.

Mas para fazer um VM de sucesso é importante, antes, ter clareza sobre qual conceito a sua marca deseja transmitir. Com base nisso, constrói-se a vitrine, a distribuição dos produtos pela loja, a decoração e todos os outros elementos necessários para transmitir esse conceito imaginado para o público.

Um conceito bem comunicado através do VM, atrai e fideliza os clientes que se identificam com a marca. E, apenas isso, já seria motivo suficiente para justificar o investimento. Mas os benefícios do VM vão além.

Um Visual Merchandising bem pensado cria um ambiente favorável para a compra, dá ao gestor a oportunidade de destacar os produtos de maneira estratégica e agrega valor aos produtos e à marca.

Além disso, com o atual volume de dados disponível nos sistemas de tecnologia, o VM pode ser ainda mais fortalecido por informações de venda, circulação de clientes e intervalo entre compras, por exemplo.

Esses dados ajudarão o gestor a identificar, não apenas a melhor estratégia, como também acompanhar o impacto de iniciativas de VM, através do acompanhamento de metas de avaliação pré-determinadas.

Como usar o Moki no Visual Merchandising

Através de suas diversas funcionalidades o Moki garante a sua execução VM de forma rápida, eficaz e prática. Uma das principais características de quem trabalha com visual merchandising é garantir a padronização de processos e de identidade visual, por isso, checklists com fotos nas perguntas ou respostas e fluxos de aprovação são ideias para acompanhar as montagens de PDVs.

Ilustração de um computador e de um celular em suas respectivas telas de checklist.

Veja como o Moki cria soluções para os processos do seu varejo!

Conclusão

Uma decisão valiosa para quase qualquer tipo de negócio, adotar Visual Merchandising como ferramenta estratégica de construção da marca, fidelização dos clientes e aumento das vendas, pode ser o diferencial entre o sucesso da sua marca ou da concorrência.

O VM é uma declaração para o mundo de quem a sua marca é. Quem se identifica com ela vai, a partir dessa declaração, se unir ao propósito, se tornando um cliente fiel e divulgando a sua marca de maneira natural, já que consumi-la será um prazer.

Outro aspecto crucial do VM é que ele ajuda o gestor a descobrir novas possibilidades de venda, que são muito mais vantajosas do que a promoção por preço. A experiência não pode ser precificada e, com isso, o valor do produto ganha um caráter intangível, difícil de ser questionado.

A ideia é que o ponto de venda (PDV) se torne cada vez mais atrativo e que as vendas aconteçam em consequência desse bem-estar, que o cliente tem ao vivenciar a loja e a marca.

Mas é importante ter em mente o foco no resultado. Use a estratégia e defina como seu sucesso será dimensionado com o auxílio de softwares de gestão.

Acompanhe os resultados e garanta que tudo que você imaginou para o seu VM esteja tendo o impacto esperado para o seu negócio. Você vai se impressionar com os benefícios!

Gostou do post? Compartilhe!

0 0 votes
Article Rating
Inscreva-se
Notificar quando houver
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Pesquisar

Receba nossos conteúdos!

Receba nossos conteúdos!

Posts mais populares
Ninja faixa preta dando um chute no ar

Será que você tem uma operação faixa preta?

Faça um diagnóstico de maturidade gratuito e receba dicas para se tornar um ninja em seu negócio!

Siga nossas redes
Saiba mais
Rolar para cima