Por trazer praticidade a vida de pessoas que não têm muitos meios para se locomover ou que apenas não querem sair de suas casas, a atividade de delivery tem crescido muito no Brasil.

Um estudo conduzido pelo Instituto Food Service Brasil revelou que, em 2019, entregadores de delivery fizeram mais de 1 bilhão de visitas, além de ter movimentado 18,6 bilhões de reais ao longo do ano.

Desde que o Covid-19 começou a se alastrar pelo mundo e o isolamento social entrou em vigor, o delivery alcançou um novo patamar. Uma pesquisa da Galunion em parceria com o Instituto Qualibest realizada em abril de 2020 no Brasil, mostra que 90% dos brasileiros estão evitando comer fora neste momento.

Assim, serviços de entrega a domicílio deixam de ser uma praticidade e passam a ser uma necessidade. Optar pelo delivery evita aglomerações desnecessárias e ajuda a frear a disseminação do vírus e achatar a curva de contágio.


>> Saiba mais: Assista aqui a nossa conversa com Ricardo Dametto, CEO da RM Soluções, e entenda qual será o papel do delivery no mundo pós pandemia!


Somos gratos aos trabalhadores que seguem nas ruas para garantir que aquilo que precisamos, continue chegando até nós. Por isso, criamos um modelo de checklist totalmente gratuito, para ajudar na padronização de processos de delivery e garantir a segurança desses profissionais e de todos.