Acidente e incidente são duas palavras parecidas que costumam gerar certa confusão. Se eu te perguntasse agora qual a diferença entre acidente e incidente, será que você saberia me dizer?

Tenho certeza de que ao terminar de ler este artigo não restará mais nenhuma dúvida sobre o assunto e será possível definir exatamente o que é acidente e o que é incidente. Além da diferença entre desvio e incidente.


Qual a diferença entre acidente e incidente?

A diferença entre acidente e incidente pode ser estabelecida tendo como parâmetro as consequências de cada ocorrência. Enquanto o acidente causa algum tipo de lesão ao trabalhador, o incidente não apresenta nenhum dano.

Para reforçar a diferença entre acidente e incidente,  temos o recurso da Pirâmide de Bird, criada por Frank Bird Jr., em 1969, que mensurou e qualificou os riscos a que os trabalhadores estão sujeitos nas empresas.


como reduzir o número de acidentes

O triângulo de segurança é resultado de um estudo sobre prevenção de acidentes industriais. Segundo Bird, se o número de acidentes leves for reduzido será possível observar também uma queda nos acidentes graves.

Considerando a diferença entre acidente e incidente, podemos pensar que, se utilizarmos as medidas de segurança para prevenir os diversos tipos de incidentes, as chances de ocorrer acidentes também serão menores.


Saiba mais: veja como você pode prevenir acidentes e incidentes de trabalho com o Moki Checklist.

Agende uma apresentação!
Execute a prevenção de acidentes, melhore o desempenho e aumente seus lucros.

O que é um acidente?

Um acidente de trabalho é uma ocorrência imprevista que acontece durante o serviço e causa lesão física ou compromete a capacidade do colaborador e pode, até mesmo, causar danos à empresa.

Os acidentes de trabalho são regulamentados pela lei 8.213/91 de 24 de julho de 1991, segundo a qual os efeitos no trabalhador incluem perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho e até morte.

Entre os acidentes de trabalho estão inclusos os ocorridos no trajeto para a empresa, durante viagens a trabalho, agressões ocorridas no local e horário de trabalho e outras doenças que tenham relação causal com o trabalho.


Por que os acidentes ocorrem?

Os acidentes costumam ocorrer devido a condições inseguras de trabalho. Contribui o fato de que, muitas vezes, os vários tipos de incidentes e/ou desvios ocorridos são negligenciados, sem que haja uma solução para eles.

Uma boa forma de garantir a saúde do trabalhador em serviço é realizando inspeções de segurança regulares. No vídeo abaixo é possível entender melhor os conceitos e tipos de inspeções.



Tipos de acidentes de trabalho

Os tipos de acidentes de trabalho podem variar de acordo com a intensidade do dano. Por resultarem em lesões e danos ao trabalhador e à empresa, geralmente envolvem uma situação de maior periculosidade.

É possível identificar os acidentes de trabalho mais frequentes e, devido à recorrência, dedicar recursos específicos para evitá-los. Entre eles estão:

  • Quedas de altura
  • Lesões causadas por instrumentos de trabalho
  • Choques elétricos
  • Lesões por esforço repetitivo
  • Lesões causadas por materiais perigosos
  • Condições inseguras de trabalho


O que é um incidente?

Incidente é uma ocorrência inesperada mais branda do que o acidente, que não causa consequência para nenhuma das partes,  nem para o trabalhador, nem para a empresa.

Agora dá para perceber mais claramente a diferença entre acidente e incidente, certo? No entanto, todos os tipos de incidente têm potencial de se transformarem em acidente.

Um incidente é um sinal dos riscos existentes em uma determinada situação e que não pode ser negligenciado. Esse é o momento de aplicar medidas de segurança que irão impedir o agravamento da situação.

É preciso estabelecer também a diferença entre o que é incidente e o que é desvio. Desvio é qualquer ação ou condição com potencial para acarretar, direta ou indiretamente, danos a pessoas, à empresa ou ao meio ambiente.

Um desvio é uma situação que está fora dos padrões de segurança do trabalho e das Normas Regulamentadoras (NRs). Desvios, incidentes e acidentes são multifatoriais, não derivam de uma única causa.


Por que os incidentes ocorrem?

São vários os tipos de incidentes de trabalho e eles ocorrem por diversos motivos, podendo ser chamados de “quase acidentes”. Alguns são:

  • Passagens e escadas sem corrimão
  • Local de trabalho sujo e desorganizado
  • Falta de iluminação adequada nas áreas de serviço
  • Locais em limpeza ou manutenção sem sinalização
  • Não utilização dos EPIs (Equipamento de Proteção Individual)
  • Excesso de pressão, o que causa ansiedade, estresse e depressão
  • Atitudes imprudentes
  • Falta de conhecimento técnico

Uma forma de evitar que os diferentes tipos de incidentes de trabalho se transformem em acidentes é seguir as Normas Regulamentadoras (NRs). Elas também ajudam a estabelecer a diferença entre acidente e incidente.


Tipos de incidentes de trabalho

Outra diferença entre acidente e incidente é o fato de que os diversos tipos de incidentes, por serem considerados de baixa ou nenhuma gravidade, acabam não recebendo a atenção adequada.

Os vários tipos de incidentes de trabalho acabam não sendo comunicados pelo trabalhador. Os motivos são: medo de ser advertido, punido, perder o emprego, ser visto como descuidado ou sofrer algum tipo de perseguição.


acidentes e incidentes no trabalho

É preciso manter um diálogo saudável com os trabalhadores de modo a alertá-los sobre o que é incidente, a diferença entre desvio e incidente e a importância de comunicar a ocorrência de ambos.

Alguns incidentes que podem ocorrer em um ambiente de trabalho são:

  • Arranhões causados por superfícies ásperas
  • Lesões muito suaves causadas por maquinário ou equipamento
  • Dedos machucados por prensamento nas portas
  • Unhas roxas devido a pancadas com instrumentos


Como prevenir acidentes e incidentes de trabalho?

Para evitar acidentes de trabalho, a melhor medida a se tomar é a prevenção, estabelecida a diferença entre desvio e incidente. Com isso estaremos cuidando da saúde do trabalhador e da própria empresa.

Isso sem falar nos custos de um acidente de trabalho: custos diretos, indiretos e jurídicos. Essa também é uma diferença entre acidente e incidente, já que os incidentes normalmente não chegam a acarretar custos.

Essas são algumas dicas para evitar acidentes:

  • Fornecer e fiscalizar o uso de EPI’s (Equipamento de Proteção Individual);
  • Estabelecer uma comissão interna de prevenção de acidentes;
  • Investir em treinamento de primeiros socorros;
  • Sinalizar as saídas de emergência e equipamentos de segurança;
  • Investir em equipamentos de combate a incêndio;
  • Realizar treinamento dos funcionários;
  • Seguir um checklist de Segurança do Trabalho;


Conclusão

Tenho certeza de que agora, ao final deste artigo, você já consegue perceber a diferença entre o acidente e um incidente. E, principalmente, como é possível evitar que um incidente evolua para um acidente.

Para isso, é importante criar e manter uma cultura de comunicação na empresa, na qual os trabalhadores sintam-se acolhidos e confiantes em relatarem os diferentes tipos de incidente pelos quais tenham passado.

Só dessa forma a empresa será capaz de tomar as medidas adequadas para evitar que o incidente se repita e que, também, venha a resultar futuramente em acidentes.

A prevenção é a grande aliada da segurança do trabalho, por isso é fundamental estar atento às medidas necessárias para manter a sua empresa a mais segura possível.

É muito importante lembrar que minimizar incidentes pode levar a um agravamento da situação e, consequentemente, à ocorrência de um acidente.

Produzir um relatório sobre o incidente ocorrido ajuda a identificar corretamente a situação de risco e a colocar em ação providências que irão evitar que o evento se repita.

Agora que você já sabe a diferença entre acidente e incidente, não se esqueça de colocar em prática as dicas listadas aqui.